10.10.05

Básico - Que nos dão quando nos pedem um triângulo?

Para distraír o Arsélio de problemas imaginários, Aurélio apresentou o seguinte problema de construção geométrica:

Construir um triângulo [ABC], isósceles - |AB|=|AC| - de que se conhece o ângulo BÂC e a soma dos comprimentos da base |BC| e da altura relativa a [BC] (tirada por A).

Aurélio comunicou ao Arsélio e a quem mais quiser pensar no assunto, o seguinte:
a) Se passar uma semana sem termos apresentado uma solução, ele dá uma sugestão;
b) Ao fim de duas semanas, serão publicadas as soluções que lhe forem enviadas ou a solução que ele considera a mais simples;
c) A construção é simples (depois de saber como foi, isto já sou eu a dizer!)

[Arsélio, pub.]

Eu não apresentei qualquer solução. Por enquanto, as linhas com que me cosi não chegaram aos calcanhares do triângulo. Hoje discutimos colectivamente uma primeira aproximação da Mariana, para além de termos visto e discutido exercícios interactivos por ela executados. Ficamos à espera da entrega da solução pela Mariana.

E colocamos aqui o desenho proposto por Aurélio para ser a sugestão prometida. Diz ele: consideremos o problema resolvido....

4 Commentários:

Blogger Arselio Martins escreveu...

A verdade é que não resisto a deixar aqui um pequeno comentário. Como já vem sendo hábito =(;-) eu acabo por arranjar a melhor solução. Nada artificiosa, fácil de explicar e saudável: cheia de vida e de conexões que a vida é feita de conexões. Temos a solução de Aurélio (que ainda nem sei qual é, mas deve ser muito artificiosa para parecer artificialmente simples), temos a solução de Mariana (que é sempre rebuscada a ponto de eu não perceber e viver por isso acabrunhadamente triste entre as gentes) e a minha - a grandiosamente simples, a simplesmente grandiosa - que só borbulha na minha cabeça quando é preciso salvar-me da depressão que esses dois teimam em despejar-me à porta.
Gostavam de saber qual é?
Pois :-)
E não há mais soluções?
Arsélio

4:48 da tarde  
Anonymous Anónimo escreveu...

Oh! Por favor, mostra-nos lá a "tão grandiosamente simples a tão simplesmente grandiosa"

Mariana

8:46 da manhã  
Blogger Arselio Martins escreveu...

A pedido do inominável, aquele que nós sabemos, enviei-te a minha solução em privado e ainda não publiquei qualquer delas. Percebe-se imediatamente.
Não é espantosamente simples? Vá lá! Confessa!

A publicação só será feita quando aquele que nós sabemos achar que já não é de esperar mais.

:-)

12:53 da manhã  
Anonymous Anónimo escreveu...

São muito legais as informações, mas acho que vocês poderiam colocar o que significa GEO e METRIA
=)

8:27 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

2014
EUCLIDES
Instrumentos e métodos

de resolução de problemas de construção